Tempersul/Dracena inicia a corrida por mais uma final na LPF

Nos últimos dois campeonatos disputados, o Tempersul/Dracena tem um título e um vice. Nesta sexta-feira (13), a equipe inicia a caminhada em busca da terceira final seguida. Estreia na Liga Paulista de Futsal (LPF) contra o  CATS (Clube Atlético Taboão da Serra), às 19h, no Ginásio Alaor Ferrari, em Dracena (Interior do Estado).

Atual campeão da LPF, em parceria com a ADC Intelli, o Tempersul/Dracena passou por uma nova reformulação após ficar em segundo lugar na Copa LPF deste ano. Situação que fez o técnico Flavinho Cavalcante adotar duas formações diferentes para os próximos jogos.

Se há caras novas – inclusive o xodó da equipe, Vitinho, pode entrar nessa lista, já que está de cabelo novo –, o sentimento é o mesmo que levou os dracenenses aos sucessos recentes.

“A gente vem fazendo um trabalho forte. Chegaram os novos jogadores, de alta qualidade, e espero que supram as necessidades que temos. Vamos em busca do título para manter o troféu em Dracena”,  falou o pivô, agora de cabelo descolorido.

“A expectativa é das melhores. O time vem trabalhando muito forte para poder fazer uma grande estreia. Será também minha estreia na Liga Paulista. Espero desfrutar do momento e fazer um grande campeonato, assim como toda equipe”, disse o ala Denner, uma das quatro novidades.

O CATS

Eliminada nas quartas de final da Copa LPF, a equipe do CA Taboão da Serra estreou na Liga há uma semana, com derrota em casa, por 3 x 0, para o Bauru Futsal/FIB. Na visão de Flavinho Cavalcante, esse é um detalhe a mais na lista de cuidados que o Dracena precisa tomar para começar bem.

“A nossa estreia é contra um adversário que vem de derrota, então o jogo se torna bem complicado, porque ninguém quer começar com duas derrotas”.

“O Taboão, pelo menos jogando em casa, foi bastante agressivo no ataque, atacou bastante. Acho que é uma característica deles. Devem sair para jogar”, encerrou.

Com informações: Globo Esporte.com | Foto: Carlos Volpi / TV Fronteira