Reformulação faz Tempersul/Dracena correr contra o tempo para os jogos da LPF

Após o término de um campeonato, é normal que os times apresentem algumas mudanças. Mas diante das seis saídas em menos de um mês, o Tempersul/Dracena foi surpreendido com a necessidade de ter que remodelar quase 50% do elenco. A cerca de 15 dias da estreia na Liga Paulista de Futsal, o técnico Flavinho Cavalcante e a diretoria tentam achar novas peças no mercado e enfrentam dificuldades por estarem no meio da temporada. Até o momento, duas baixas foram preenchidas com o retorno do ala Alan Jefferson e a chegada do pivô Isaac.

“A gente foi meio surpreendido, mas um time igual o Dracena, que começa a disputar muitos títulos, é normal chamar atenção do mercado todo. Agora temos que repor essas posições. Nesse meio de temporada não é fácil contratar um jogador. A diretoria está trabalhando bastante, e eu também. Estamos vasculhando tudo para, dentro da realidade da equipe, contratar as melhores opções”, disse Flavinho.

Mesmo com a surpresa da quantidade de saídas, o time previa algumas baixas. Oito Meia é uma delas, que foi contratado para a Copa LPF. Existia o interesse do Dracena na permanência, porém, ele é um atleta com muito mercado. Ainda sobre quem saiu, alguns “não passaram” na avaliação interna para a sequência da temporada.

Agora, o Tempersul/Dracena se prepara para as disputas da Liga Paulista de Futsal, com início na quarta-feira da próxima semana (dia 4), a qual contará com 15 equipes. O primeiro jogo será entre Brutos e Taubaté, em Limeira. Na primeira rodada, os dracenenses folgam e, no dia 13, estreiam em casa diante do Taboão, às 19h.

Na primeira fase do campeonato, as equipes se enfrentam em um único turno, em uma disputa de pontos corridos. Quem ficar do primeiro ao quarto lugar garante vaga nas quartas de final, e o restante duela em uma espécie de oitavas, com exceção dos três últimos, os quais estarão eliminados.

Diante da data apertada, o time corre contra o tempo para suprir as baixas no elenco. Mesmo com o retorno de Alan Jefferson e a chegada de Isaac, o time ainda precisa suprir mais quatro lacunas.

“Isso vai deixando a gente com o cabelo mais branco (risos). Temos que remontar 50% do time, e isso demanda tempo. A dificuldade é grande, principalmente porque dia 1 do próximo mês abre a janela de transferência para o exterior, e o câmbio está uma loucura. A maioria dos jogadores que a gente conversou está esperando isso para ver se consegue essa janela, então fica bem limitado para contratar jogadores”,

Caras novas
O treino da última sexta-feira (23) foi o primeiro do ala Alan Jefferson (Foto) com a nova/velha equipe. Em 2019, ele sentiu o gostinho de jogar com a camisa do time do Oeste Paulista em dois jogos. Agora, terá mais tempo para mostrar o desempenho em quadra.

“Estou muito motivado para os primeiros duelos. O pessoal aqui me conhece bem pouco, e desta vez quero ficar bastante tempo, terminar a temporada e fazer um bom trabalho”, avaliou Alan.

O ala é conhecido por Flavinho, devido ao período no Rio Grande do Sul. Os dois trabalharam juntos durante uma temporada no Guarani (RS). O treinador revelou que queria trazer Alan para a Cidade Milagre desde o início do ano, mas não conseguiu, pois ele estava no exterior. Outra cara nova chegou no último sábado (24), o pivô Isaac, vindo do Araraquara.

“O Alan é um reforço que vai facilitar na equipe, pois ele conhece todo o meu sistema de trabalho. Já o Isaac, era um jogador que a gente estava observando durante a Copa LPF”, pontuou o técnico.

Diante das novas peças no elenco, Flavinho avalia novas abordagens de treinos, como forma de tentar nivelar os reforços com os jogadores veteranos. Pensando nisso também, nos primeiros compromissos da Liga Paulista, o treinador prevê colocar o time-base em quadra, enquanto, aos poucos, entrosa os demais.

“Nos treinos, algumas coisas também terão que ser alteradas, como bola parada e algumas jogadas. No sistema de ataque eu também vou implementar outro modelo, mas, para isso, preciso conhecer os novos jogadores no dia a dia, para entender como eles funcionam. Só com isso, poderei fazer as escolhas certas, para todo mundo jogar o mesmo jogo, já que este é o diferencial que nos levou para a final da Copa LPF”,  explicou o treinador.

Jogos do Dracena na Liga Paulista
1ª rodada: folga;
2ª rodada: dia 13, contra o Taboão, às 19h, em casa;
3ª rodada: dia 19, enfrenta o São Bernardo, às 19h, fora;
4ª rodada: dia 26, enfrenta o Brutos/Limeira, às 19h, fora;
5ª rodada: dia 3 de setembro, joga diante a ADI Indaiatuba, às 19h, em casa;
6ª rodada: dia 9 de setembro, joga com o Jacareí/Quinteto, às 20h, fora;
7ª rodada: dia 10 de setembro, enfrenta o Barão de Mauá, às 20h, fora;
8ª rodada: dia 17 de setembro, enfrenta o Uniara/Araraquara, às 19h, em casa;
9ª rodada: dia 22 de setembro, enfrenta o Bauru/Sportbrasil.Bet, às 16h30, fora;
10ª rodada: dia 1 de outubro, enfrenta o São Paulo FC, às 19h, em casa;
11ª rodada: dia 7 de outubro, enfrenta a Wimpro/Guarulhos, às 19h, fora;
12ª rodada: dia 15 de outubro, enfrenta o Pulo, às 19h, em casa;
13ª rodada: dia 22 de outubro, enfrenta o Taubaté, às 19h, em casa;
14ª rodada: dia 28 de outubro, enfrenta o Yoka, às 20h30, fora;
15ª rodada: dia 2 de novembro, enfrenta a Botucatuense, às 16h, em casa.

Com informações: Globo Esporte.com | Foto: