Treinadores que são destaques neste semestre – Parte 2

Ewerton Alemão (Associação Atlética Botucatuense), André Tártaro (Barão de Mauá/Futsal Ribeirão), Leandrinho (Taubaté Futsal) e Renato Bispo (São Paulo FC), são os outros quatro treinadores que garantiram suas equipes nos playoffs da Copa LPF – Edição 2021. Conheça mais sobre cada um deles:

Ewerton Alemão:

Durante alguns anos, esteve à frente da AA FIB/Bauru, revezando com seu irmão, Elton Carvalho, as funções de treinador e auxiliar. Mas no começo deste ano, seu ciclo com a equipe bauruense chegou ao fim e Alemão acertou com a Botucatuense, clube onde já foi atleta e tem uma grande identidade com projeto.  Vale lembrar que a AAB estreou nas competições promovidas pela LPF em 2019 e esta é a primeira vez que a equipe se qualifica para uma fase de playoffs.

André Tártaro:

O Barão de Mauá/Futsal Ribeirão disputou, pela primeira vez a LPF, em 2020. Antes, o time do interior paulista havia disputado competições regionais e extra-oficiais. E já em sua primeira participação, o time comandado por André Tártaro foi longe na competição ao ser um dos semifinalistas, sendo superado pelo Pulo Futsal (vice-campeão do torneio).

Tártaro assumiu o Ribeirão Futsal em janeiro 2019, quando sagrou-se campeão Paulista Série B, em cima do Real Real Madruga, além de faturar os títulos da Copa SBT e da Super Copa. André treinou ainda a equipe de Santa Rosa (Masc), mas apenas em torneios de TV, e de São Joaquim da Barra, (Fem) sendo campeão da Taça EPTV. Paralelamente ao futsal profissional, também leciona em escolinhas, onde disputa torneios estudantis.

Leandrinho:

Ex-jogador de futsal, com passagens por São José/Vale Sul, Ferraz FC, e Ford/Taubaté, Leandrinho encerrou a carreira em 2016 e já ingressou na comissão técnica do Taubaté Futsal. Um ano depois, após a saída de Edilson Leite, Leandrinho assumiu o comando da equipe e em seu primeiro grande teste, ficou com o título da Copa LPF. Em 2018, veio o bicampeonato da competição.

Na temporada 2019, ao lado de Juliano Martins (Pulo Futsal), fez parte da Seleção da LPF, que disputou o primeiro Campeonato Brasileiro de Seleções de Ligas, disputado em Seara (SC), onde a equipe paulista ficou com a terceira colocação.

Renato Bispo:

Formado em Educação Física, com pós graduação em Futsal e Futebol, Renato Bispo está no São Paulo FC há muito tempo. Ao longo de sua trajetória no Tricolor, Bispo passou por diversas categorias e neste ano, assumiu o posto de treinador na equipe principal. Também, em sua primeira experiência como técnico no adulto, levou o time à fase de mata-mata da Copa LPF.

Lembrando ainda, que ao contrário dos últimos anos, o São Paulo apostou em um projeto ‘solo’, já que sempre esteve em parcerias com prefeituras. Em 2012, a parceria foi estabelecida com o Colégio Londrinense (PR), em 2013, com o Suzano/Futsal, no ano 2013 foi a vez da FIB/Bauru,  em 2014, com a cidade de Marília e em 2015, com a AD São Bernardo.

 

 

Fotos: Assessorias dos clubes