Relembre a trajetória do São Paulo FC nas competições da LPF

De volta à LPF (Liga Paulista de Futsal), após seis anos,  o São Paulo FC tem um bom histórico dentro da competição. Em 2012, ano de fundação da entidade, o Tricolor era parceiro do Colégio Londrinense (PR) e por conta disso, não participou da primeira edição. Já no ano seguinte, em parceria com o Suzano Futsal, a equipe comandada por Fernando Cabral (In Memorian), chegou a fase de playoffs, mas não brigou pelo título.

No ano de 2014, a cidade que ‘abraçou’ o futsal são-paulino foi Bauru. No entanto, a parceria chegou ao fim ainda no mês de dezembro. No início da temporada, criou-se uma grande expectativa em cima desta parceira, mas a equipe não passou da passou da segunda fase na Liga Paulista e na Copa Paulista.

A temporada 2015 reservou bons momentos para a torcida do São Paulo, que havia oficializado mais uma parceria. Desta vez com a AD São Bernardo. O time era uma mescla de jovens talentos, com nomes consagrados, dentre eles, Rafinha, Lelê, Jhonny, Paulinho Japonês, Índio, Pesk, Angelo, e os goleiros Greuto e Filló. Além disso, Sandrinho Falcetta, campeão mundial pela seleção brasileira em 1996, era o principal gestor do projeto.

Mesmo com um time forte e competitivo, o Tricolor caiu na fase quartas de final da LPF, quando perdeu para o Corinthians (4 x 1 e 2 x 1) – que posteriormente, viria a ser campeão daquele ano.

 

Foto: Estevão Rinaldi – Assessoria de imprensa/São Paulo/FIB e Globo Esporte.com