Renê Benacci fala sobre o ano de 2020 à frente da Ferroviária/Fundesporte

Pelo segundo ano consecutivo, a Ferroviária/Fundesport fica no lugar mais alto do pódio. Assim como em 2019, a equipe comandada por Renê Benacci teve pela frente o Primeiro de Maio/Santo André, na grande final, e ficou com o título de bicampeã da Liga Paulista de Futsal Feminina, ao vencer o clássico pela contagem de 2 x 0, com gols de Bia e Débora (no último minuto, em cobrança de tiro livre direto).

A campanha da Ferroviária/Fundesport ao longo da primeira fase se resume em 10 jogos, seis vitórias, um empate e três empates. Foram 42 gols marcados e 20 sofridos. A estreia das meninas de Araraquara aconteceu no dia  3 de Novembro, em Campos de Jordão, onde venceram as donas da casa por 7 x 2. A maior goleada foi sobre Itapetininga: placar de 9 x 2.  Ge, com nove gols, ficou na vice-artilharia (um a menos em relação à atleta Robinha, do Primeiro de Maio);

A seguir, o técnico Renê Benacci fala sobre como foi disputar a LPF 2020:  “Foi uma sensação de vitória ter disputado a Liga Paulista esse ano, tendo em vista que o primeiro semestre foi um golpe duro o esporte está parado no mundo inteiro, em Araraquara conseguimos voltar os treinos no começo do mês 7 e foi uma alegria consegui fazer esporte novamente com todos os cuidados de saúde“.

Benacci também enaltece o fato da cidade sediar as três finais da LPF  (sub-20, feminino e principal): “E no final de tudo, a cidade de Araraquara sediar as três decisões no Ginásio Gigantão e a gente ser campeão, em casa, foi para fechar o ano com chave de ouro“, encerrou.

Confira as destaques da LPF Feminina

Goleira: Bia – Ferroviária
Artilheira: Robinha – Santo André
Competição: Nayara – Ferroviária

Destaque “mini bola Kagiva”: Carol Cenedese – Santo André
Destaque ‘mini bola Kagiva” : Bia – Ferroviária

 

Fotos: Rodrigo Soró