Em casa,  Barão de Mauá sofre revés no jogo de ida das semi

Três dias. Esse é o tempo que o Barão de Mauá/Futsal Ribeirão tem para digerir o resultado negativo contra o Pulo Futsal Campinas, na primeira partida da semifinal da LPF.Jogando em casa na noite desta terça-feira (1), no Ginásio José Favaro Júnior, no Centro Universitário Barão de Mauá, a equipe ribeirão-pretana jogou bem, igualou as ações contra a tradicional equipe campineira, mas sofreu um gol no fim do segundo tempo e perdeu por 1 x 0.

“Foi um jogo muito equilibrado, mas erramos num lance decisivo e eles foram felizes em fazer o gol. Mas nosso time tem condições de buscar o resultado fora de casa”, disse o pivô Nando, do Futsal Ribeirão. “Agora é buscar lá. Vamos jogar tudo em Campinas”, acrescentou o goleiro Bim. Foi a primeira vez na história que a equipe perdeu um jogo atuando em casa.

A partida foi muito equilibrada e com poucas oportunidades de gol os dois lados. O único gol saiu faltando pouco mais de três minutos para o término, anotado por Luis. Logo depois do tento sofrido, nos detalhes, Ribeirão buscou o empate colocando goleiro-linha e criou oportunidades. Em um lance de contra-ataque, Beto parou a jogada e foi expulso. Com isso, o principal jogador da equipe estará fora da partida decisiva.

A decisão em Campinas será nesta sexta-feira (4), às 18h30, no Ginásio Rogê Ferreira. Ribeirão, que já fez história chegando à semifinal da elite paulista, poderá ampliar ainda mais o seu feito. Precisa vencer no tempo normal para levar a partida para a prorrogação. Também na prorrogação precisa da vitória para se classificar para a final contra Taubaté ou Tempersul/Intelli/Dracena.

 

Foto: Renan Bin