Confira alguns números desta primeira fase

Com o fim da primeira fase se aproximando, algumas equipes vão se destacando nas estatísticas. Começando pela artilharia, a disputa segue acirrada. Tuiu, do Yoka, já balançou as redes em seis oportunidades. Xaropinho, do Santo André vem logo atrás com um tento a menos, seguido de Kauê (N10), Ton (Taboão), Kebinho e Flavinho, (Indaiatuba), Maneca (Pulo Futsal), Thiago Cabeça (Taubaté), Neguinho (Uniara) e Gabriel (Brutos), todos com quatro gols assinalados.

Até o momento, o Pulo Futsal é dono do melhor ataque, com 21 gols marcados. A melhor defesa pertence à Tempersul/Intelli/Dracena, com sete gols sofridos.  Vale ressaltar que a Intelli tem um jogo a menos em relação às demais equipes. O time comandado por Bruno Silva fez quatro jogos e ocupa a vice-liderança da Chave 4 com nove pontos. O Barão de Mauá/Futsal Ribeirão, é o líder com 10 pontos ganhos.

Além do ataque mais eficiente, o Pulo Futsal foi o time que mais venceu nesta fase de grupos. São quatro vitórias em cinco partidas.  Mogi Futsal, Brutos Futsal, São Bernardo e Futsal Taboão são as únicas equipes que empataram.  Brutos e São Bernardo também são os times que menos venceram: uma vitória cada, além do Hortolândia Futsal, que ainda não somou pontos.

 

Foto: André Montejano