Goda afirma que os gols perdidos foram decisivos para o tropeço na estreia da LPF

No último sábado (26), em Mogi das Cruzes (Grande SP), a equipe do Mogi Futsal estreou na edição 2020 da LPF (Liga Paulista de Futsal), e mesmo com um bom volume de jogo, o time comandado pelo técnico Goda foi superado em 4 x 3 pelo Yoka, de Guaratinguetá, que também estreou na competição.

Ao longo da partida, o Mogi Futsal criou e desperdiçou boas chances de gols, o que para o treinador, foi um fator decisivo para o resultado adverso:

“O nosso jogo de um para um está bom, mas na finalização continuamos pecando. Creio que, se tivéssemos feito os gols nas inúmeras chances que tivemos, teríamos saído com a vitória”, disse o técnico ao site Globo Esporte.com .

Agora, todas as atenções estão voltadas para o compromisso diante o Brutos Futsal, neste sábado (3), em Limeira (Interior do Estado). Na rodada de abertura o time limeirense foi até o Vale do Paraíba, onde empatou com o Taubaté por 2 x 2.