Goda prevê intensidade na LPF com novo regulamento: “Temos que errar o mínimo

Em virtude da suspensão de quatro meses do calendário esportivo, a Liga Paulista será a única competição oficial de 2020 para o Mogi Futsal. Com a previsão de retornar os jogos em setembro, os clubes terão cerca de três meses para realização de toda a temporada. Em razão do prazo e também considerando as limitações financeiras dos clubes devido à crise instituída pela pandemia, a LPF decidiu por um regulamento diferenciado.

Na primeira fase, as equipes estarão em quatro grupos regionalizados, compostos por quatro ou cinco times, diferentemente do ano passado, quando eram apenas duas chaves. Durante a primeira fase, as equipes vão se enfrentar em turno e returno e os dois melhores de cada grupo avançam para as quartas de final. A partir desta etapa, a eliminatória terá dois jogos, com desempate pela melhor campanha. Já o título será definido em partida única, com decisão por pênaltis, se necessário.

“O formato da Liga, infelizmente, é uma adaptação para o tempo que temos para realizar o campeonato por conta da pandemia. Creio que será um começo bem intenso, onde temos que errar o mínimo possível”, avaliou o técnico Goda.

O Mogi das Cruzes Futsal está na Chave B na primeira fase, ao lado de São José Futsal, Yoka/Guaratinguetá e Taubaté Futsal. O elenco foi apresentando em fevereiro deste ano, mas está sem treinar desde o dia 15 de março, quando as atividades foram suspensas. O último compromisso foi no dia 13 daquele mês, em um amistoso contra o sub-20 do Corinthians, no Ginásio Wlamir Marques (zona leste de SP).

Desde então, os atletas têm mantido uma rotina de preparação em casa apenas para condicionamento físico. A ideia é que entre o final de julho e início de agosto, dependendo de autorização do estado e da cidade, eles possam prosseguir com as atividades coletivas e dar início a uma nova pré-temporada.

“A ansiedade é enorme, pois treinar cada um em sua casa é complicado. A vontade de estar todos juntos é muito grande . Graças a Deus, o elenco segue o mesmo e vamos com força total. Se precisar, vamos atrás de um ala esquerdo”, finalizou o treinador em entrevista ao site Globo Esporte.com

Com informações: Globo Esporte.com