Na última quarta-feira (06), os goleiros das categorias sub-12 ao sub-18 do futsal do Timão participaram de um encontro virtual com os goleiros da equipe adulta, Tiago, Obina e Schutt, além de Vanderson do sub-20 e Matheus Donelli, do futebol.

No início da pandemia, Rafael Castilho e Rafael Dobke, treinadores de goleiros da base do futsal, tiveram a ideia de fazer reuniões virtuais semanais para manter o contato com os atletas e passar informações úteis para o retorno da temporada.

“De início fizemos reuniões trazendo vídeos de lances de treino, de jogo, de goleiros fazendo defesas ou tomando o gol para discutir com eles a respeito do lance. O que estava teoricamente errado, ou muito certo”, contou Castilho.

Logo, tiveram a ideia de trazer convidados especiais para conversar com os atletas da base. Assim, convidaram para um bate-papo os goleiros do futsal adulto (Tiago, Obina e Schutt), sub-20 (Vanderson) e Matheus Donelli, goleiro da equipe de futebol do Corinthians, formado no futsal do clube e atual melhor goleiro do mundo sub-17.

Os convidados falaram sobre a trajetória deles, como começaram no futsal, no Corinthians, quais seus principais objetivos. Comentaram momentos feliz e tristes no esporte, transmitindo toda a experiência que tiveram através de dicas e conselhos. No final, ainda responderam perguntas dos menores.

Revelado pelo Corinthians, Obina chegou a assumir a titularidade do arco alvinegro em 2018 e em outras oportunidades, fazendo defesas decisivas para títulos e até mesmo gols, como o feito na final da Copa do Brasil 2018, na qual conquistamos o título com uma vitória por 3 a 0.

“Eu achei bem legal a iniciativa, é bem importante essa troca de informações. Os garotos são privilegiados por poder absorver informações dos mais velhos e mais experientes, assim como eu e Schutt podemos ter essa experiência com o Tiago”, disse.

A convivência entre as categorias e a troca de informações é uma das características do futsal alvinegro, que há décadas forma atletas para a modalidade da bola pesada e, também, para o futebol de campo.

“Fiquei feliz por poder participar, é mais um motivo de satisfação poder ajudar na formação de goleiros dentro do clube”, finalizou Obina.

Fonte: Agência Corinthians