A crise global causada pela Covid-19 está obrigando as pessoas a ficarem em casa para evitar contatos que possam espalhar o coronavírus. A medida, dura porém necessária, pode causar efeitos colaterais preocupantes, como depressão e problemas físicos decorrentes da falta de exercícios.

O Pulo Futsal, ciente da sua responsabilidade como organização esportiva, entrou para o grupo de indivíduos e instituições que têm colaborado para evitar tal situação e criou a campanha PuloEmCasa. O movimento, nascido nas redes sociais do clube, tem se espalhado entre seguidores e seus contatos.

Do desafio do papel higiênico (postado no início da campanha para dar visibilidade ao assunto e que contou com a participação do craque Amoroso) a uma série de exercícios físicos com conteúdo diário gravada pelo Coordenador de Preparação Física do clube, professor Fábio Biajoli, o Pulo Futsal tem investido em conteúdo que estimule as pessoas a ficarem em casa – inclusive, lembrando nos textos de forma leve e objetiva a importância de só ir à rua se realmente necessário e de lavar bem as mãos.

Tal conteúdo não se prende ao clube ou exercícios. No sábado o clube iniciou uma nova editoria em suas redes, o Memória Pulo, desenvolvido em parceria com o perfil do Instagram Memória Campineira. Toda semana serão contadas histórias que valorizem a cidade e seus cidadãos, reforçando tanto a estreita ligação entre clube e Campinas como o próprio orgulho campineiro. Isso se junta a questões relevantes para a sociedade que vêm sendo abordadas pelo Pulo Futsal, como o Dia Internacional da Mulher, o Dia Internacional da Síndrome de Down e o Dia Mundial da Água.

Mais conteúdos vêm sendo pensados e ganharão vida em breve. A seção PuloEmCasa seguirá enquanto for necessário manter as pessoas entretidas em suas residências. E o Pulo Futsal continuará fazendo o que mais sabe e gosta: marcar golaços, seja dentro ou fora de quadra.

 

Acesse: facebook.com/PuloFutsalCampinas/videos/515090379145044/

Fonte: Agência Pulo