O São Caetano Futsal / Vale + abriria sua participação na Copa LPF jogando em casa diante da equipe do Yoka Guaratinguetá. A partida, que seria disputada no próximo dia 27 de março, às 20h, no Complexo Poliesportivo Joaquim Cambaúva Rabello (Ginásio Idalina), foi adiada em virtude dos cuidados com a pandemia de Covid-19 que atinge o planeta. Uma nova data para a partida deve ser anunciada em breve pela Liga Paulista de Futsal (LPF).

Obedecendo orientações das autoridades brasileiras, que trabalham com o intuito de amenizar os efeitos do coronavírus no país, a prefeitura de São Caetano do Sul determinou a suspensão, a partir desse sábado (14), de todas as atividades esportivas e culturais em ambientes públicos da prefeitura. Essa restrição inclui clubes, teatros, oficinas culturais e todas as atividades afins e deve durar, em princípio, até o próximo dia 31 de março. Estão suspensas, ainda, as atividades do Programa Esportivo Comunitário (PEC).

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o vice-prefeito de São Caetano, Beto Vidoski, explicou que a decisão foi tomada depois de uma reunião que ocorreu na noite dessa sexta-feira (13) na sede da prefeitura sulsancaetanense. Além das decisões envolvendo as atividades esportivas e culturais, outras medidas foram anunciadas pela administração municipal, como a orientação para que os funcionários com mais de 65 anos, contratados pela prefeitura e terceirizados, permaneçam em casa a partir de desse sábado.

A pandemia de Covid-19 tem causado muitas mortes ao redor do mundo. As situações mais críticas foram registradas na China, onde surgiram os primeiros casos, no Irã e na Itália. De acordo com os últimos dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a Europa é, no momento, o epicentro da doença. Os últimos dados divulgados pelo ministério da Saúde contabilizam 98 casos no país, 56 no Estado de São Paulo. Entretanto, esse número estaria desatualizado, pois somente o Hospital Israelita Albert Einstein, localizado na zona sul da capital paulista, teria notificado a existência de 98 casos.

Com informações:  Kléber Pereira Pinto | Foto: Lucas Damasceno