A temporada 2019 propôs novos desafios ao Mogi Futsal. O mais significativo foi a troca no comando técnico da equipe, que passou a ter como treinador o ex-jogador Goda, estreante na função. Ao fazer uma avaliação do ano, o coordenador do time mogiano, Amós Martins, se mostrou satisfeito com o trabalho realizado.

Para Amós, apesar das mudanças na comissão técnica, o Mogi Futsal conseguiu render o esperado. Dentro de quadra, o time chegou às semifinais da Copa Paulista e às quartas de final da Liga Paulista, ambas de forma inédita na história do clube, porém, nas palavras do coordenador, deixou a desejar na disputa dos Jogos Regionais, competição onde o time mantinha o tricampeonato consecutivo.

“A avaliação do ano é super positiva. Nós conseguimos com esse grupo apresentar um rendimento super bacana. No início sabíamos que teríamos dificuldades com o novo treinador, que estava inciando sua carreira, e as outras mudanças na comissão técnica, mas conseguimos superar tudo isso e, no geral, foi uma ótima a temporada”, avaliou Amós.

“Tivemos duas conquistas importantes neste ano. No primeiro semestre, com o terceiro lugar da Copa Paulista, de forma inédita, e no segundo semestre, apesar das dificuldades no início da Liga Paulista, a equipe conseguiu reagir e chegamos entre os oito melhores, com condições de ir além. Mas fiquei satisfeito. A única coisa negativa deste ano foi a nossa participação nos Jogos Regionais. Não esperávamos, de maneira alguma, terminar com o terceiro lugar, mas sim com o título da competição. Por isso deixamos a desejar e ficamos de fora do Jogos Abertos”,  comentou.

Para 2020, O Mogi deve ganhar uma nova casa com a inauguração do ginásio anexo ao Complexo Hugo Ramos, no bairro do Mogilar, cuja as obras tiveram início em março de 2019, com previsão de término para maio do próximo ano. Vale lembrar que desde 2013, quando iniciou as atividades com na categoria adulta, o time realiza seus treinos e jogos na quadra do CEMPRE do Botujuru.

Com informações e foto: Guilherme Borges / Globo Esporte – Mogi das Cruzes