Depois da vitória na estreia, o Mogi Futsal conheceu sua primeira derrota na Copa Paulista ao ser superado pelo Uniara por 6 x 1, na noite da última sexta-feira (29), em Araraquara (Interior de SP). Na avaliação do técnico Goda, o mau começo de jogo de sua equipe, o qual ele classificou como um “apagão”, foi um dos fatores que pesaram no revés por um placar elástico.

O Uniara começou muito bem e marcou três gols já no primeiro tempo. Na volta do intervalo, o time da casa fez mais dois gols e ampliou sua vantagem para 5 x 0. O Mogi ainda diminuiu com o fixo Hugo, mas o Araraquara aproveitou o fato de o adversário estar com o goleiro-linha para fazer o sexto, com o goleiro André, e fechou o placar em 6 x 1.

“O time teve um apagão no começo do jogo e tomou os gols muito rapidamente. Ainda conseguimos entrar no jogo, mas o goleiro deles estava inspirado e evitou nossos gols. No segundo tempo, tomamos um gol relâmpago, que nos deu um banho de água fria. Mesmo assim tivemos algumas chances de fazer os gols, mas não fomos eficientes”, avaliou o treinador.

Com três pontos somados em duas rodadas, o Mogi agora se prepara o próximo compromisso no torneio. A equipe volta à quadra na próxima sexta-feira, às 19h45, quando enfrenta a  AA FIB/ Bauru, no ginásio do Botujuru, em Mogi das Cruzes (Grande SP).

Com informações: Globo Esporte.com